16 maio, 2018

Aconselhamento Genético

Atuação de equipe multidisciplinar

Estabelecida há pouco mais de dez anos como profissão, o Aconselhamento Genético cresce em importância em várias partes do mundo. O tema provoca reflexões, especialmente sobre a atuação multidisciplinar, já que é uma atividade que pode ser exercida por profissionais de várias especialidades, o que exigiria uma formação diferenciada para cada médico. A palestrante Patrícia Ashton Prolla (RS), fez uma provocação referindo-se às críticas que estão sendo feitas ao patamar mínimo que vem sendo sugerido de treinamento de 1.500 a 2.000 horas.

– Temos participado de uma série de discussões que tratam esse assunto. Eu pergunto se alguém entraria em um avião em que o piloto não tem o número de horas requeridas para voo? Na medicina é a mesma coisa – alertou.

Em países como Noruega, Cuba, Estados Unidos, Canadá, Austrália, França, Espanha e Itália, entre outros, a atividade é regulamentada. No Brasil, ainda não há a oficialização do Aconselhamento Genético como profissão.

O tema é uma das atrações do XXX Congresso Brasileiro de Genética Médica, que ocorre de 15 a 18 de maio, no Centro de Convenções Sul América, no Rio de Janeiro (RJ). O evento é promovido pela Sociedade Brasileira de Genética Médica e Genômica (SBGM). Também acontecem de forma paralela o VII Congresso Brasileiro da Sociedade Brasileira de Triagem Neonatal e Erros Inatos do Metabolismo e o IV Congresso Brasileiro de Enfermagem em Genética e Genômica. Outras informações sobre o evento, a programação completa e o canal para inscrições podem ser encontrados no site cbgmcbteim2018.com.br.

Trackback URL: http://playpress.com.br/2018/05/16/aconselhamento-genetico/trackback/

Leave a comment:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *