12 jun, 2018

Metade dos pacientes que tem diabetes desconhece a doença

Médico reforça importância de tratar os pré-diabéticos, em atividade realiada no Ciclo de Palestras AMRIGS

Ações preventivas de mudanças de hábitos de vida podem sair muito mais barato do que o valor gasto em medicamentos. O alerta fez parte de atividade realizada pela Associação Médica do Rio Grande do Sul (AMRIGS), no Ciclo de Palestras que faz parte da campanha “Saúde Preventiva: Pratique essa Ideia!”. Esse mês, a programação foi referente do Junho Vermelho.

– Pacientes pré-diabéticos são pacientes que já estão tendo alguma alteração no seu organismo e serão diabéticos, muito provavelmente, se não fizerem alguma alteração no estilo de vida ou dieta. O diabetes tende a ser uma doença progressiva, especialmente, o tipo 2. Então, esse paciente vai precisar cada vez mais medicamentos e intervenções terapêuticas – explicou o médico endocrinologista, Rafael Selbach.

Os sintomas mais comuns observados em pacientes diabéticos são poliura (urina em excesso), polidipsia (excesso de sede) e perda de peso. Há também, pacientes que são assintomáticos e por isso é importante a realização de exames de sangue frequentes.

Ente as ações preventivas mais importantes estão adoção de uma dieta saudável, hábitos regulares de atividade física, cessar o tabagismo e, em casos indicados pelo médico, uso de medicamentos.
A atividade foi realizada na noite de quinta-feira (07/06) no Centro de Eventos AMRIGS.

Trackback URL: http://playpress.com.br/2018/06/12/metade-dos-pacientes-que-tem-diabetes-desconhece-a-doenca/trackback/

Leave a comment:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *